background

Chega ao fim o horário de verão

Chega ao fim o horário de verão

Demandas de atendimentos podem ser alteradas com a troca de horário

 

O horário de verão de 2019 chega ao fim na madrugada deste último domingo. Os dez Estados brasileiros mais o Distrito Federal, que adotam a troca de horário tiveram que atrasar seus relógios em uma hora. Este ano o período que ficamos com o horário de verão foi mais curto, devido ao seu início que ocorreu mais tarde, no dia 4 de novembro, diferentemente dos outros anos que costumava se dar no terceiro domingo de outubro. Isso ocorreu devido ao um pedido do Tribunal Superior Eleitoral, para a troca de horário não se dar entre os dois turnos das eleições.

A prática vem sendo adotada no Brasil sem interrupções desde 1985, com o objetivo de fazer com que a luz do sol seja aproveitada por mais tempo, possibilitando quem trabalha durante o dia aproveitar o começo da noite para realizar alguma atividade de lazer ao ar livre. Permite também uma economia de consumo de energia elétrica, pois luzes de iluminação pública e de alguns estabelecimentos são ligadas somente mais tarde. Estados brasileiros que adotam o horário de verão Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Celulares e computadores já vem configurados para realizarem a troca de horário automaticamente, para isso eles utilizam um banco de dados internacional. Também é possível ajustar o horário manualmente, para saber o horário oficial de Brasília acesse o site.

A mudança de horário pode causar um desconforto nos primeiros dias, pois desregula o sono, gera cansaço e até mesmo falta de apetite. Fatos que podem impactar diretamente na produção profissional até o nosso corpo se acostumar com o novo horário. Para minimizar os efeitos, procure uns dias antes da mudança já ir se ajustando, dormir uns minutos mais cedo e ir aumentando com o tempo com a proximidade da troca horário. Deste modo, você não sentirá um impacto tão abrupto em seu organismo.

Empresas que possuem atendimento em nível nacional, devem ter uma atenção especial, pois alguns Estados brasileiros não fazem horário de verão, e não tiveram os relógios atrasados. Atendimentos que são baseados em demandas, como as chamadas em um Call Center, por exemplo, existem horários de pico em que o fluxo de ligações é maior. Neste casos, são programados um número maior de atendentes para suprir as solicitações. Com o fim do horário de verão, a hora de pico destes Estados que não o adota, será diferente.

Tudo é questão de planejamento, com os devidos cuidados o horário de verão não representa grandes alterações em sua rotina. Continue acompanhando nossos conteúdos e saiba como ter liberdade de tempo para seus negócios. Estamos também no Facebook, Instagram e Linkedin.

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *