Plano de marketing para provedor de internet: o que devo fazer?

Após criar seu negócio, conseguir todas as licenças, permissões e estrutura necessária para operar, é o momento de conquistar clientes. Para esse desafio, é necessário elaborar um bom plano de marketing para provedor de internet.

Esse documento define quais os objetivos e metas da área para um determinado período, bem como as ações que serão feitas para alcançar esses valores, definindo orçamentos e calendários para a execução dessas campanhas.

Sua constituição envolve diversas etapas e, quando feito corretamente, garante o aumento das vendas, valorização da marca e ganho de competitividade para o negócio. Porém, um plano de baixa qualidade representa mais prejuízos do que ganhos.

Pensando nisso, apresentamos, neste artigo, um passo a passo completo para você criar o seu plano de marketing para provedor de internet e, assim, aproveitar esses benefícios. Boa leitura!

Comece com o estudo da empresa

O primeiro passo para criar um plano de marketing consiste em fazer um estudo da própria empresa. Esse levantamento deve apresentar um overview de todo o negócio e conter itens como:

  • missão, visão e valores;
  • mix de serviços; 
  • satisfação dos clientes com serviços e atendimento;
  • market share do negócio;
  • popularidade e lembrança de marca;
  • importância de cada item no mix;
  • vantagens oferecidas aos clientes;
  • histórico de ações do marketing.

Essas informações devem ser usadas como base para direcionar o plano de marketing da provedora em conjunto com os dados coletados sobre o mercado e o público-alvo.

Faça análise do mercado

O segundo passo é fazer um levantamento de informações sobre o mercado de provedores no qual a empresa atuará. Esse estudo deve identificar dados como:

  • principais empresas do mercado;
  • mix de serviços de cada uma;
  • diferenciação entre elas;
  • avaliação dos consumidores;
  • tipos de comunicação feitas.

O estudo do mercado permite identificar quais os pontos que podem ser aproveitados pela empresa para ganhar mercado e conquistar os clientes em sua comunicação. Além disso, é possível determinar quais benefícios oferecer e a melhor estratégia de comunicação para isso.

Entenda o seu público-alvo

O último estudo a ser feito é o do público-alvo. Nesse ponto, é preciso identificar informações sobre o comportamento dos consumidores. Levante informações como:

  • perfil sociodemográfico dos consumidores;
  • jornada de compra para serviços de internet;
  • canais de comunicação usados regularmente;
  • benefícios e funcionalidades mais valorizadas;
  • preferências de formas de contato;
  • fatores de insatisfação e reclamação com outras empresas.

O ideal é conseguir formar um perfil bem definido do público-alvo, determinando os melhores meios para estabelecer um relacionamento e conquistá-lo. 

Essas informações podem ser usadas por outras áreas da empresa (por exemplo, o setor de vendas, que pode aproveitar os dados para otimizar a jornada de contato, visando a conversão de mais clientes.

Defina metas e objetivos

Agora que o time já possui as informações sobre o momento atual do negócio, mercado e seus consumidores, é altamente recomendável definir as metas e os objetivos do plano de marketing para provedor de internet. 

Apesar de ter uma série de oportunidades e possibilidades, é preciso priorizar objetivos, escolhendo aqueles que são mais importantes para o negócio e, logo, devem receber mais atenção no plano. 

O ideal é não ter muitos objetivos, principalmente, quando há limitação orçamentária ou na quantidade de colaboradores. Uma vez que o plano tem duração limitada, é possível se programar para realizar, ao menos, parte das metas a cada período. Essa prática garante eficiência e evita que a equipe fique sobrecarregada.

Determine as ações do seu plano de marketing 

Com os objetivos definidos, é preciso pensar nas ações que serão feitas para alcançá-los, levando em consideração o orçamento disponível, bem como as características gerais do mercado e as especificidades dos potenciais clientes. Acompanhe, a seguir, as principais informações para facilitar essa decisão.

Marketing digital

Em um cenário cada vez mais conectado, é importante estar presente no meio online para ampliar o alcance da empresa e qualificar as interações os clientes. Nos dias atuais, quase todas as empresas incorporam o marketing digital em suas estratégias, com excelentes resultados.

As ações se destinam a utilizar esse meio para divulgar a marca, os serviços e os benefícios oferecidos pela empresa, aprofundando a interação com os consumidores. Para tanto, é aconselhável ter um website, páginas nas redes sociais e, também, participar ativamente de fóruns e outras plataformas de contato com o público.

Branding

Ações de branding relacionam-se às estratégias voltadas a aumentar o reconhecimento da marca e reforçar sua identidade visual no mercado. Nesse sentido, é preciso estabelecer uma padronização na linguagem e nos elementos visuais. 

Com essas variáveis bem definidas, é possível incluir campanhas junto ao marketing digital, a fim de aumentar o alcance e reforçar a identidade da empresa. Outros canais podem ser usados como a promoção de eventos, marketing offline e, até mesmo, realização de parcerias.

Eventos

Os eventos são muito usados por empresas que almejam reforçar suas marcas e gravar boas lembranças na mente dos consumidores. A empresa pode criar um evento ou simplesmente estar presente em um, seja como participante ou patrocinador. Em alguns contextos, eles podem ser usados para aumentar as vendas.

Parcerias

Outra forma de alcançar os objetivos do plano de marketing é criar campanhas de parcerias com outras empresas. Muitas organizações criam ofertas conjuntas para conquistar um público em comum, por meio do oferecimento de propostas e benefícios únicos.

Crie um cronograma

A partir da efetivação das ações necessárias para alcançar cada objetivo definido em seu plano, crie um cronograma para executar cada campanha e se programar adequadamente, evitando problemas como atrasos e esquecimentos.

O ideal é incluir todas as etapas de execução em seu cronograma, tais como cotação com fornecedores, contratações de parceiros, início e término de uma determinada ação, análise de resultados etc.

Não se esqueça do monitoramento

Você não deve, em hipótese alguma, negligenciar a necessidade de monitorar a performance da equipe e acompanhar as ações realizadas. Dessa forma, será mais fácil detectar erros e falhas. 

Além disso, acompanhar as mudanças no mercado permite identificar oportunidades que podem ser adicionadas ao plano, como tendências ou acontecimentos inusitados. Similarmente, ameaças também podem ser encontradas (como um novo concorrente), permitindo o desenvolvimento de novas estratégias para superá-las.

Use essas dicas para garantir a eficiência do seu plano de marketing para provedor de internet. Lembre-se, também, de que planejar e realizar um profundo levantamento sobre sua organização, mercado e clientes.

Gostou do nosso artigo? Então, confira, também, como fazer o seu provedor de internet crescer ainda mais

2018-06-04T14:52:38+00:00

Deixar Um Comentário